A vida dos negros albinos na África

 

Resultado de imagem para discriminação racial de albinos

https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTudJ8eEphDtriHUOAKp4g1Es4aOjpVN3gpcDZaYVkO2qLyTDKUsg

             Segundo consta nesta reportagem a história da vida da população negra albina na África, é muito precária. Observa o contexto e representação de imagens de como é a discriminação e perseguição no continente africano, a falta de recursos financeiros, sobretudo na questão dos cuidados principais com a saúde fragilizada, bem como uso de óculos, falta deste objeto visual, inviabiliza para enxergar, de ser alfabetizado, proteção ao sol, devido a sensibilidade ser maior, do que pessoas sem este problema, muitos jovens morrem de câncer de pele, etc.

            Albinismo, do latim “albus”, o que significa branco, é uma condição genética hereditária e caracterizada pela ausência de melanina na pele, olhos e cabelo, assim pode afetar todas as raças, sem distinção. Melanina é a substância que dá cor à pele.

            Segundo apresentado nesta pesquisa de artigo, que será divulgado o site na sequência, traz neste contexto, por falta de conhecimento, por ignorância, os albinos sofrem mutilações, marginalização, eles são amputados por gangues, sem nenhuma explicação científica, apenas por crendices, senso comum, e com isso sofrem torturas, e muitas das vezes são assassinatos.

            Logo após o nascimento de um ou uma albino(a), são abandonados palas mães e rejeitados pelos pais. E quando estão na faixa etária de entrar na escola. Outro sofrimento, de retaliação, discriminação pelos professores e colegas de sala de aula, humilhação, etc.  É sofrimento constante, apenas ser diferente. Claro que ser albino é um problema de saúde, é um fato. Mas não ser aceito pela sociedade, comunidade, ou seja, estereótipo e estigmas em que ocorrem. É uma falta de respeito com o ser humano, deslealdade, como se alguém fosse culpado pela forma em que veio ao mundo. A mudança só ocorre quando alguém permite que outro ser humano possa também desfrutar da mesma liberdade, igualdade e fraternidade no universo em que todos são seres humanos e merecem ser respeitados, com dignidade da pessoa humana, etc.

http://www.castrodigital.com.br/2010/02/vida-negros-albinos-africa.html#ixzz48V7BNC00

http://www.castrodigital.com.br/2010/02/vida-negros-albinos-africa.html#ixzz48V7nG3iq

 

Att. Roseli

Muito obrigada!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s