Afrodescendentes no Paraná

 

Estarei apresentando alguns personagens que fizeram parte da história paranaense e que muito pouco ou quase nada se encontra nos livros didáticos. Segundo dados do (IBGE) – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em 2009, de cada cem paranaenses, 27 são negros e pardos; na Região Metropolitana de Curitiba, são 24 em cada cem.

Figuras importantes de ascendência afro no Paraná

  • João Pedro, conhecido como “O Mulato”, nasceu em Curitiba ou Paranaguá, não se sabe com certeza. Considerado um dos primeiros caricaturistas brasileiros, entre 1807 e 1819 realizou aquarelas e desenhos que representam uma fonte histórica importante para o Paraná.
  • Carolina de Góes e Vasconcelos, a primeira das primeiras-damas paranaenses, que após a emancipação política do Paraná, em 1853, chegou ao estado com seu esposo Zacarias de Góes e Vasconcelos, o primeiro presidente da Província. Com seus modos simples, porém elegantes, ela surpreendeu a sociedade curitibana da época.
  • Benedito Nicolau dos Santos, professor ilustre da Escola de Música e Belas Artes do Paraná, que por muitos anos contribuiu para formação de gerações de artistas músicos  que passaram por aquela escola.
  • Palminor Rodrigues Ferreira, o Lápis, compositor e cantor curitibano.
  • Enedina Alves Marques, a primeira mulher negra a cursar engenharia no Brasil tendo se formado em 1945, na Universidade Federal do Paraná.
  • Antônio Pereira Rebouças Filho, engenheiro responsável pela construção da estrada de ferro que uniu Curitiba ao litoral, cortando a serra da Graciosa. A construção foi iniciada em junho de 1880. Durante cinco anos, cerca de 9 mil homens trabalharam em três frentes: a primeira, com 42 Km, entre Paranaguá e Morretes; a segunda, com 38 Km, de Morretes a Roça Nova; e a terceira, com 30 Km, entre Roça Nova e Curitiba.
  • Este livro é a História Paraná, autora: Graziella Rollemberg, editora ática, 2ª edição, São Paulo, p. 54, ano de 2012.

Adaptado de <www.aenoticias.pr.gov.br/modules/news/article.php?storyid=5542>.Acesso em: 15 ago. 2007.

1- Questão como desafio: Que tal buscar mais informações sobre os afrodescendentes citados no texto? Se quiser, pesquise e escreva sobre a vida de outros afrodescendentes do Paraná.

Muito obrigada!

Roseli

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s